sábado, 16 de abril de 2011

Dominação Psicologica

A dominação psicológica é a base do BDSM, pois sem ela a cena vira mero teatro, mas a verdadeira dominação psicológica é algo que demanda tempo e dedicação, quanto mais conhecimento da parte dominada e mais tempo dedicado mais eficiente é a dominação. Quem está dominando deve ser atencioso, responsável, estar ciente de que é preciso dedicar tempo da sua vida diária a parte dominada, que claramente se torna dependente de atenção, de cuidados, de constância, sob pena de sofrer seqüelas ou de a parte dominante perder o controle, o que uma vez acontecido pode ser irreversível.
A parte dominada sente imenso prazer quando a coisa é feita com responsabilidade, quando há dedicação, interesse da parte que controla, a entrega costuma ser muito prazerosa.
Dominar exige muito do Dominador, alguns tratam isto com irresponsabilidade, deixando de atentar para a vida e interesses do submetido sem o menor cuidado, sem pensar que isto pode deixar marcas e mágoas.
A parte submetida pode ser forte e independente, inteligente e altiva em sua vida comum, mas dentro dela criou-se um estado de dependência inegável, que se não fosse assim, não estaria sob domínio coisa nenhuma e o abandono do cuidado é muito nocivo se não for feito corretamente.
Não posso deixar de falar aqui, é claro, dos dominadores patológicos, sociopatas, que dominam por estar em sua natureza, mas o fazem de forma errada e por razões escusas, eles induzem e invadem todos os aspectos da vida do subjugado e este subjugado não tem que ser necessariamente uma pessoa do meio sadomasoquista, pode ser uma pessoa baunilha, desde que atenda seus interesses, primeiro começam enaltecendo algumas qualidades, com o tempo; e já com a dependência estabelecida, ela vai se arraigando, assumindo outros aspectos da vida da pessoa, como o financeiro por exemplo, na verdade ele vai invadir todos os aspectos possíveis, e fazer o submetido achar que não tem valor e que a atenção que o dominante lhe dá é um presente não merecido. É importante saber que sociopatas são sempre inteligentes e educados até obterem o que lhes interessa e não sentem remorso do que fazem, antes acham natural.
Ele acaba com a auto estima da pessoa. Pode parecer aqui que a pessoa foi fraca, mas submissão está na natureza de alguns, assim como dominação, a forma como isto é feito é que é o diferencial, não é da noite para o dia que isto acontece, lógico.
Alguns indivíduos dominantes sociopatas, se aliam numa relação matrimonial ou que o valha, para dominar ainda mais e em tudo, induzindo a pessoa a se destruir gradativamente, chegando a vir ao óhttp://doreifobofilica.blogspot.com/2011/04/dominacao-psicologica.html?zx=4a04e33f01ade68ebito que pode ser o que o interessa, com o intuito muitas vezes de tornar-se beneficiário de algum patrimônio ou algo que o valha.
Infelizmente não é incomum e não estou longe de conhecer gente assim. Mas são inteligentes, não deixam meios de que se prove o que foi feito e como são sociopatas, não se importam de ostentar uma ‘riqueza’ obtida da forma mais sórdida possível, as vezes se tornando pensionista de grandes quantias por serem cônjuges.
Dentro do sadomasoquismo isto se torna uma arma potencial.
O sujeito entra no chat e observa as curiosas, passíveis de serem controladas mais facilmente, por serem novatas, às vezes se aliam a outro doente e dominador como ele e isto independe de sexo, quando agem em dupla tornam-se ainda mais nocivos. Do chat eles as atraem para encontros reais e se a pessoa tem algo que lhes interessa começa então um trabalho de controle gradual e crescente.
Existem também aqueles que pensam que são dominadores, que não sabem que não se apanha mosca com vinagre, desconhecem o convite sutil que a aranha faz a mosca dizendo: entre minha querida, a ‘casa’ é toda tua, entre e fique a vontade. Eles começam a abordagem da forma mais grosseira possível, demonstrando sua total falta de talento e conhecimento.
Felizmente existem os Dominadores responsáveis, cuidadosos, atentos, dedicados, cientes do quanto é sério o que se propuseram a fazer e não se furtam da parte que lhes cabe no jogo da Dominação Psicológica.
Por Dorei Fobofílica.
http://doreifobofilica.blogspot.com/2011/04/dominacao-psicologica.html?zx=4a04e33f01ade68e

Nenhum comentário:

Postar um comentário